Pular para o conteúdo

Contribuições da Psicanálise para o Trabalho em Situações Sociais Críticas

    JUSTIFICATIVA
    Muito se conhece sobre a Psicanálise, sua teoria e prática na ótica de diferentes autores, porém cabe aprofundar suas possibilidades de aplicação em variados contextos fora do consultório particular. É necessário refletir sobre frentes de atuação em psicanálise em situações sociais críticas e de vulnerabilidade e na interface com a Assistência Social.

    OBJETIVOS
    Possibilitar aprofundamento na teoria e técnica psicanalítica, apontando a contemporaneidade do discurso inaugurado por Freud e privilegiando as contribuições da Psicanálise para atuação profissional em situações sociais críticas.

    PÚBLICO-ALVO
    Psicólogos, psicanalistas, profissionais de saúde, assistentes sociais, educadores e terapeutas familiares. Estudantes de últimos anos de Graduação em áreas afins.

    CARGA HORÁRIA
    40 horas

    COORDENAÇÃO
    Dra. Maria Luiza Dias Garcia

    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
    A – AS SITUAÇÕES SOCIAIS CRÍTICAS:
    Os meninos e a rua.
    Tráfico de drogas.
    Violência doméstica.
    Pessoas em situação de violação de direito.
    Toxicomania.
    Desemprego.

    B – A PSICANÁLISE  E A ASSISTÊNCIA SOCIAL:
    A rede socioassistencial.
    A prática no CRAS.
    A prática no CREAS.
    O trabalho nos Abrigos.
    Abordagem Social.
    Proteção social a adolescentes em cumprimentos de medida socioeducativa.

      Contato:

      Por favor, prove que você é humano selecionando Um caminhão.