Close

setembro 28, 2016

Técnicas de Mediação em Psicanálise

JUSTIFICATIVA
A Psicanálise, por muito tempo, foi reconhecida como uma técnica apenas verbal, em que o analisando realiza livre associação e cabe ao analista elaborar interpretações, por meio de suas falas. Contemporaneamente, muitas técnicas foram introduzidas no sentido de facilitar a emergência de conteúdos latentes ao discurso dos indivíduos atendidos, facilitando o acesso aos conteúdos inconscientes. Faz-se necessário promover um espaço de troca e reflexão sobre esse tema.

OBJETIVOS
Refletir sobre o uso de técnicas de mediação em Psicanálise no contexto do atendimento individual e de grupo familiar.
Distinguir o conceito de mediação na área de manejo de conflitos do de mediação em Psicanálise.
Identificar técnicas de mediação em Psicanálise.
Realizar análise crítica desses instrumentos.
Adaptar técnicas existentes às necessidades particulares de um atendimento individual ou grupal.

PÚBLICO-ALVO
Psicólogos, psicanalistas, profissionais de saúde, educadores e terapeutas familiares. Estudantes de últimos anos de Graduação em áreas afins.

CARGA HORÁRIA
40 horas

COORDENAÇÃO
Dra. Maria Luiza Dias Garcia

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
A – MEDIAÇÃO EM PSICANÁLISE
Mediação terapêutica – conceito.
História da mediação no cuidado psíquico.
História da mediação artística na psicoterapia psicanalítica de psicóticos.
Especificidade da transferência na mediação terapêutica.

B – TIPOS DE TÉCNICAS
Fotolinguagem – Claudine Vacheret
Genoespaçograma familiar – Pierre Benghozi
O Jogo do Rabisco – Donald Wood Winnicott
Artediagnóstico familiar – Hanna Kwiatkowska
Desenho da casa – Alberto Eiguer.
Genograma – Mônica McGoldrick e Randy Gerson
Álbum de fotos: construção de uma identidade familiar – Bernard Chouvier e Florence Carles.
Outras técnicas: Colagem, Caixa de Areia, Fotografia da Família.

[contact-form-7 404 "Not Found"]