Close

outubro 30, 2016

Mediação de Conflitos

JUSTIFICATIVA
O processo de mediação de conflitos busca estabelecer junto com as partes novos parâmetros de comunicação e relacionamento entre os envolvidos na questão, facilitando, portanto, a eliminação de medos que prejudiquem a tomada de decisões. O papel do facilitador é ajudar as pessoas ou grupos envolvidos no conflito a assumirem suas responsabilidades sobre a solução de seus problemas, prevenindo o agravamento da situação, sendo essa ação de enorme valia para a resolução de conflitos.

OBJETIVOS
Introduzir os pressupostos básicos da Mediação de Conflitos.
Desenvolver alguns conceitos básicos de mediação.
Trabalhar com os alunos a diferença entre a mediação e outras formas de resolução de conflitos.
Identificar vantagens do processo de mediação, por por exemplo, o fato de ser um processo mais participativo.
Desenvolver, nos participantes, a preocupação e a capacidade de escuta ativa.
Reconhecer as diferentes etapas do processo de mediação.
Aprender perguntas reflexivas.

PÚBLICO-ALVO
Psicólogos, psicanalistas, profissionais de saúde, assistentes sociais, educadores e terapeutas familiares. Estudantes de últimos anos de Graduação em áreas afins. Estudantes de últimos anos de Graduação em áreas afins.

CARGA HORÁRIA
40 horas

COORDENAÇÃO
Dra. Maria Luiza Dias Garcia

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

A – MEDIAÇÂO:
1. Conceito de mediação.
2. Mediação x outras formas de resolução de conflitos.
3. Diferentes abordagens na área da mediação.
4. A mediação em diferentes contextos.
5. O papel do mediador ou facilitador.

B – POSTULADOS BÁSICOS:
1. Etapas do processo de Mediação.
2. O ciclo do conflito.
3. A importância da escuta ativa.
4. Características do processo.

C – TÉCNICAS EM MEDIAÇÃO:
1. Perguntas reflexivas.
2. Novas formas de comunicação.

[contact-form-7 404 "Not Found"]